quarta-feira, 11 de maio de 2016

E começa um novo dia!

Começar denovo...
Para a maioria esse é um incentivo, pra quem tem fibromialgia isso é um tormento.
Quando começa o dia, os músculos extremamente rígidos não nos permite nem abraçar direito nossos filhos ou marido. Fazer as tarefas diárias parece tortura, sem contar a cabeça, que parece ter uma bola de boliche dentro.
A vontade mesmo é de nem levantar, é de ficar imóvel, e se possível nem falar.
Mas, como eu já disse, a fibro causa depressão e não o contrário. Então antes que a depressão chegue, se ela não chegar durante a noite, eu digo a mim mesma. Levanta!
Mas, as coisas começam a melhorar com o passar do dia, se tiver calor então melhor ainda. No final do dia, na maioria das vezes, parece até que a fibro foi embora de vez. Aí da vontade de fazer tudo o que não consegui fazer de manhã.
Daí meu cérebro começa a me confundir, me culpa por não ter feito o que devia, me incentiva a me exercitar, me absolve da sentença de morte e me critica por estar pensando ao invés de fazer.
Enquanto isso, o remédio começa a relaxar os músculos e a vontade de deitar vai chegando.
Entretanto, com o cérebro a mil quem dorme... insônia companheira!
Mas isso é outra história e eu conto depois. Bjs! Até logo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário